sexta-feira, 16 de setembro de 2016

Festival em Shizuoka enaltece tradicional penteado das gueixas

O Shimada Mage Matsuri será realizado no próximo domingo, dia 18

Shimada Mage Matsuri
Todos os anos, no terceiro domingo de setembro, o Shimada Mage Matsuri (島田髷まつり) é realizado nas ruas da cidade de Shimada (Shizuoka), com início ao meio-dia no cruzamento 7 chome da avenida Hondori. Mage é o estilo de penteado com arranjos nos cabelos, utilizados há vários séculos pelas mulheres do Japão.

Moças jovens e crianças, vestidas de yukata, com seus penteados impecáveis e cheios de adornos, dançam ao ritmo de canções folclóricas, incluindo Uchiwa Odori – A Dança do Leque, mantendo viva a tradição das origens do Shimada Mage.

O cortejo passa em frente à estação JR Shimada. Em seguida, as dançarinas seguem para Oi Jinja, Hospital de Shimada e Udaji Jinja, local de encerramento em Kaminozuka, um monumento em frente ao túmulo de Tora Gozen.

Realizado desde 1933, este festival presta homenagem à cortesã Tora Gozen, pois a ela é creditada a criação do penteado ao estilo Shimada Mage, que popularizou-se por todo o Japão. As gueixas e maikos (aprendiz de gueixa) - dois dos maiores símbolos do Japão tradicional – também adotaram esse exótico penteado.

Para compreender as origens deste penteado em Shimada, primeiro é preciso conhecer quais eram as características da região naquela época. A antiga Shimada era uma das 53 paradas ao longo da estrada Tokaido, a primeira via que interligou Edo (antiga Tóquio) a Quioto, construída em 1601 a mando do shogun Tokugawa Ieyasu.

Em Shimada passa o rio Oi, que em épocas de cheia ficava impossível transpassá-lo. Shogun Tokugawa proibiu a construção de pontes ou embarcações justamente como segurança, para retardar uma possível ação de inimigos que pudessem atacá-lo em Edo.

Com essa proibição, dois serviços prosperaram em Shimada: o de transporte através do rio Oi por "mulas humanas" e o entretenimento noturno, uma vez que era preciso esperar vários dias até que as águas abaixassem e os viajantes pernoitavam nos shukuba machi (pousadas).

A cortesã Tora Gozen passou a adotar seu próprio estilo de penteado, fixando os cabelos para cima, abusando de presilhas e laços. Apesar desse estilo ganhar popularidade entre as cortesãs de Shimada, com o passar dos anos gueixas e maikos de Quioto adotaram o penteado que hoje o mundo reconhece como marca tradicional do Japão (Nihon-Gami).

Durante muitos séculos, os cabelos das mulheres permaneceram naturais, lisos e alongados, sem nenhum adorno, ou apenas com um laço.

Foi durante o Período Edo (1603 – 1868) que os cabelos femininos começaram a ganhar mais retoques. A partir do século 17, as mulheres passaram a pentear todo o cabelo para o alto, contrapondo-se com o estilo liso e solto.

O Shimada Mage ganhou variantes com o tempo e quatro dos principais estilos são: Taka Shimada (inclui três presilhas, para jovens solteiras com menos de 19 anos); Tsubushi Shimada (para solteiras com mais de 20 anos de idade, também com três presilhas); Marumage (penteado circular para mulheres casadas); Momoware (imita um pêssego cortado, estilo adotado pelas maikos).

Confira a programação de horários e locais de apresentação de danças folclóricas:
Shimada Mage Matsuri 2016
Dia 18 de setembro, domingo, em Shimada (Shizuoka)
12h -  Início no cruzamento 7 chome da avenida Hondori
12h15 – Obi Dori Minami Hiroba
12h45 – Estação JR Shimada – Kitagawa Hiroba
13h30 – Oi Jinja
14h55 – Shimada Shimin Byouin (Hospital de Shimada)
15h25 – Udaji Jinja (encerramento)

Em caso de chuva
13h – Oi Jinja Miyabiden
14h30 – Shimada Shimin Byouin
15h30 – Udaji Jinja
Informações (em japonês):
Comitê Executivo do Shimada Mage Matsuri
Telefone 0547-46-2844
Fonte: Alternativa | Foto: Osny Arashiro